Quem somos?

O CMRJ é composto por oito Companhias de Alunos (Cia Al), também chamadas de Subunidades (SU), todas subordinadas ao Corpo de Alunos (CA) do Colégio Militar do Rio de Janeiro.

 Ensino Médio

Quando o aluno chega ao Ensino Médio, ele faz opção por uma Arma (Infantaria, Cavalaria, Artilharia ou Comunicações), de acordo com a sua classificação final do 9º ano do Ensino Fundamental e as Cia Al passam a ser organizadas por Armas: 

Divisa 1º Ano EM  Divisa 2º Ano EM  Divisa 3º Ano EM 

                               
 - Esquadrão de Cavalaria 

CavalariaA Esq CAV é responsável por gerenciar a parte administrativa e disciplinar dos alunos do 1º, 2º e 3º anos do Ensino Médio, da Arma de Cavalaria.

O Esquadrão de Cavalaria foi criado em 1895 e desfilou, pela primeira vez, na parada de 7 de setembro do mesmo ano. No território brasileiro, essa Arma possui uma história de luz e fulgor marcada por bravos heróis do nosso Exército. Manuel Luís Osório, o Marechal Osório, nosso Patrono, foi um dos mais importantes membros do Exército Imperial. Participou da Guerra da Cisplatina (1825-1828), da Revolta dos Farrapos (1835-1845) e da Guerra do Paraguai (1865-1870), onde foi promovido a Marechal-de-Campo e tornou-se o primeiro integrante do Exército Brasileiro a entrar no país inimigo. Durante esta mesma guerra, destacou-se um Comandante da tropa de Cavalaria: Andrade Neves. Sua garra e tática de combate são símbolos das virtudes do Esquadrão. 

Atualmente, a Arma Ligeira é representada pela Cavalaria Mecanizada, adequando-se às inovações tecnológicas, porém sem esquecer seu nobre amigo, o cavalo.
No Esquadrão de Cavalaria do Colégio Militar do Rio de Janeiro, valores e tradições são transmitidos por gerações. Os sentimentos de amor e orgulho da Arma já se alastram por inúmeros peitos varonis, despertando aptidão de novos integrantes à Cavalaria Brasileira. Além disso, não podemos deixar de citar que essa subunidade de alunos sempre sobressai por seus ótimos resultados alcançados, tanto nas olimpíadas internas (campeã há quase uma década), como nos estudos. Predomina, também, solidariedade e companheirismo inigualáveis entre os alunos e monitores.

Comandante: Maj Adonis